Manual da Compra

Análise Corsair HS60 Pro: Vale a pena?

A Corsair é uma das maiores fabricantes de periféricos do mundo, e possui diversos produtos diferentes. Entre eles temos o HS60 Pro, que é um dos melhores headsets intermediários vendidos no mercado brasileiro. Ele é uma ótima escolha para aqueles consumidores que desejam um produto com qualidade acima da média, mas não querem gastar tanto em modelos avançados.

O HS60 Pro tem uma boa construção, é confortável e oferece uma ótima qualidade de áudio. Ele também se sobressai por ter som Surround 7.1, microfone destacável e compatibilidade com a programa iCUE, podendo ter sua equalização configurada como o usuário achar melhor.

Quer saber mais desse dispositivo? Dá uma olhada no review completo que reparamos dele.

Ficha técnica do Corsair HS60 Pro:

  • Tipo: Over ear
  • Drive: 50 mm
  • Impedância: 32 Ω
  • Resposta de frequência: 20 Hz a 20 KHz
  • Fio: Conexão para fio P2 3,5 mm e placa USB
  • Microfone: Destacável com cancelamento de ruídos
  • Construção: Estrutura em alumínio, conchas com espuma em viscoelástico
  • Surround 7.1: Sim
  • Peso: 300 gramas
  • Compatível com: PC, PS4, PS4 Pro, Xbox One, Nintendo Switch e smartphones

Design e conforto

Design do Corsair HS60 Pro
(Foto: Divulgação/Corsair)

O HS60 Pro é um fone com design minimalista e bonito. Ele possui conchas grandes com uma textura de “grade” em suas laterais e a logo da empresa ao centro, além de alguns pequenos detalhes em amarelo (ou prata dependendo da versão comprada), que fazem contraste com o preto. Toda a sua estrutura é de alumínio e passa uma boa sensação de resistência, enquanto as peças de acabamento são feitas com um plástico rígido.

Construção do Corsair HS60 Pro
(Foto: Bruno Rodrigues/Manual da Compra)

Sua haste tem revestimento em couro sintético e detalhes “trançados” em amarelo, combinando com os que aparecem na lateral de cada concha. Além de bem confortável, ela tem regulagem de tamanho, por isso o usuário pode escolher entre quatro “alturas” diferentes. Ele tende a ser um fone bem versátil, que ficará bom em diferentes cabeças.

Haste do Corsair HS60 Pro
(Foto: Bruno Rodrigues/Manual da Compra)

As conchas possuem espuma em viscoelástico, um material bem macio que se adequa a sua orelha rapidamente, não apertando demais, mas também não deixando muito “frouxo”. Eu não senti nenhum desconforto, mesmo o usando durante o dia todo sem pausas, e o ponto positivo é que também não senti minhas orelhas quentes (e olha que eu moro em Goiás).

O isolamento passivo que ele faz é bom, então pequenos barulhos de fundo, conversas rolando pela casa, entre outros sons podem ser facilmente bloqueados pela própria construção do fone.

Isolamento do Corsair HS60 Pro
(Foto: Bruno Rodrigues/Manual da Compra)

Na concha esquerda fica a “rodinha” para mudança de volume, além do botão para deixar o microfone silenciado. Ao apertá-lo você sente um “clique”, e ele fica fundo, então é possível saber quando o microfone está no mudo ou não. Na mesma concha temos o fio do headset (que não é removível) e a entrada para microfone, esse sim destacável.

Conchas do Corsair HS60 Pro
(Foto: Bruno Rodrigues/Manual da Compra)

O fato do microfone ser destacável torna o HS60 Pro muito prático, porque você pode usá-lo na rua, em viagens ou qualquer lugar público, como se fosse um headphone convencional.

Qualidade do áudio

Qualidade do áudio do Corsair HS60 Pro
(Foto: Divulgação/Corsair)

O HS60 Pro usa dois drivers de 50 mm que oferecem um áudio poderoso e de qualidade. Você consegue escutar os sons com definição, incluindo detalhes que podem fazer toda a diferença em uma jogatina. Os graves são bem controlados e não “engolem” as outras frequências, enquanto os médios e agudos são suaves na medida certa. É um ótimo headset para melhorar a experiência nos jogos e aumentar a sua performance em títulos competitivos, cujo áudio pode determinar o seu sucesso ou fracasso em uma partida.

Se você não gostar da equalização padrão, pode alterá-la por meio do software iCUE, a interface para controlar todos os periféricos da Corsair. Lá você pode configurar as frequências ou escolher perfis pré-determinados, como o Bass Boost (graves mais potentes), Movie Theater (equalização para filmes), FPS Competition (adapta equalização para jogos FPS), entre outros modos. Pelo software também é possível selecionar se você quer o fone no modo estéreo ou Surround 7.1.

Aplicativo do Corsair HS60 Pro
(Foto: Bruno Rodrigues/Manual da Compra)

O Surround 7.1 dá uma acentuada nas frequências, e a ideia é deixar o áudio mais envolvente para o usuário, deixando-o mais imerso no jogo, filme ou música que estiver escutando. Eu não consegui sentir melhoras significativas além desse “boost” nas frequências, então apesar de ser um recurso bacana, o som estéreo do HS60 Pro já é bom o suficiente para que essa tecnologia não seja o ponto principal do dispositivo.

Fio e adaptador 7.1

Fio e Adaptador do Corsair HS60 Pro
(Foto: Bruno Rodrigues/Manual da Compra)

Esse headset possui um cabo de 1,8 metro, que como destacamos no tópico de design, não é removível. Ele possui plug 3,5 mm de três pólos, que já é o áudio e microfone em um combo só. Você pode usar o HS60 Pro em celulares, notebooks, computadores e qualquer outro aparelho que tenha a entrada para esse plug, o que é muito bom.

Para usar o recurso de 7.1, é necessário conectá lo a um adaptador USB, cuja saída é um plug USB. Infelizmente, ele só funciona no PC, então ao usar o fone em consoles, o áudio fica no modo estéreo. A Corsair ressalta que ele pode ser usado no Xbox One, PS4, PS4 Pro e Nintendo Switch.

Microfone

Microfone do Corsair HS60 Pro
(Foto: Bruno Rodrigues/Manual da Compra)

Seu microfone é destacável e possui redução de ruídos, além de certificação dada pelo Discord para mostrar que a qualidade é realmente boa. O áudio sai bem limpo e consigo me comunicar perfeitamente nos jogos ou em reuniões, além de conseguir deixá-lo exatamente na posição que quero, por ele ter uma boa flexibilidade.

Se você pretende gravar vídeos usando o áudio do microfone, terá uma boa qualidade, mas a nível “amador”. É um bom setup para começar, mas com o tempo creio que o usuário sentirá a necessidade de comprar um microfone externo dedicado.

Uma dica que eu dou é usar a pequena espuma que vem na caixa, essa que é encaixada na ponta do microfone. Por causa da sua sensibilidade, é muito fácil do microfone conseguir captar até a respiração do usuário, então essa espuma irá amenizar isso.

Conclusão

O HS60 Pro é um bom headset intermediário, e traz consigo uma construção de qualidade que aparenta ser duradoura. Sua ergonomia também é um ponto de destaque, por isso o usuário pode usá-lo por longas horas sem dores na cabeça.

A qualidade de som agrada, pois ele atenua bem os detalhes, seja em explosões ou sons leves como passos dos personagens. No entanto, o recurso de Surround 7.1 acaba sendo algo quase “inútil”, tendo em vista que o áudio não muda muita coisa com ele ativado. O fato de ter um software para regular a equalização é um ponto positivo, pois não deixa o consumidor a mercê da equalização de fábrica.

O microfone cumpre bem o seu papel e entrega um som limpo e bem definido, e ainda pode ser removido do headset, fator positivo para quem deseja usá-lo em público. No entanto, o software da Corsair não oferece ajustes para o microfone, algo que poderia estar disponível também. Se você busca um produto intermediário de qualidade, o Corsair HS60 Pro é uma excelente opção de compra.