Manual da Compra

Review Kindle 10ª Geração: o modelo de entrada da Amazon que impressiona

O Kindle 10ª Geração é ótimo para quem quer comprar seu primeiro e-reader (leitor de livros digitais), e já deseja começar com um modelo bem completo. A grande adição para a geração anterior é a iluminação embutida de 4 LEDs, que permite uma leitura confortável também à noite. Ele mantém características de outros modelos da marca, como a bateria duradoura, leveza, tela com boa qualidade de visualização e claro, a praticidade de poder carregar uma biblioteca imensa em um único dispositivo.

Ficha técnica do Kindle 10ª Geração:

  • Tamanho da tela: 6"
  • Resolução da tela: 167 ppi
  • Armazenamento interno: 8 GB
  • Conectividade: Wi-Fi
  • Iluminação embutida: Sim - 4 LEDs
  • Portas USB: 1 porta USB 2.0
  • Botões: 1 (ligar e desligar)
  • Dimensões: 160 mm x 113 mm x 8.7 mm
  • Peso aproximado: 174 gramas
  • Proteção contra água: Não
  • Formatos de arquivo suportados: Formato Kindle 8 (AZW3), Kindle (AZW), TXT, PDF, MOBI sem proteção, PRC nativo, HTML, DOC, DOCX, JPEG, GIF, PNG, BMP por meio de conversão.
  • Bateria: De acordo com a Amazon, uma única recarga dura até 6 semanas, baseando-se em uma leitura diária de meia hora com o Wi-Fi desligado e iluminação no nível 13.
  • Inclusos na caixa: Kindle, cabo USB 2.0 para recarga e Guia de início rápido.

Design do Kindle 10ª Geração

O Kindle 10ª Geração tem design fino e discreto
O Kindle 10ª Geração tem design fino e discreto (Foto: Divulgação/Manual da Compra)

O design do Kindle 10ª Geração é fino e discreto, com acabamento fosco e apenas dois detalhes não chamativos: o logo do Kindle impresso na parte frontal e o logo da Amazon na parte traseira. Em poucos dias de uso percebi que o acabamento fosco é suscetível a marcas de dedo e também há um pequeno desgaste, que acontece só de você deixá-lo em cima de qualquer superfície. É algo que deve incomodar apenas os usuários mais detalhistas, e neste caso recomendo a compra de uma capa protetora

Você pode ler usando apenas uma mão, pois o Kindle é compacto e leve
Você pode ler usando apenas uma mão, pois o Kindle é compacto e leve (Foto: Divulgação/Manual da Compra)

A sua construção é toda feita em plástico, fazendo com que o Kindle 10ª Geração seja levíssimo, pesando cerca de 164 g. O pró disso é que dá para ler bastante sem cansar as mãos, e o contra é que ele parece ser frágil. É válido ressaltar que esse modelo do Kindle não possui proteção contra água, e caso você o molhe sem querer, é recomendado que o coloque em modo avião, desconecte todos os cabos e espere a secagem.

A Amazon afirma que o único modelo com design ergonômico é o Kindle Oasis, mas eu não senti desconforto algum mesmo lendo por horas e fazendo minhas notas e destaques nas páginas do Kindle 10ª Geração.

Bateria do Kindle 10ª Geração

O Kindle 10ª Geração tem bateria que dura por semanas
O Kindle 10ª Geração tem bateria que dura por semanas (Foto: Divulgação/Manual da Compra)

Sobre a duração da bateria do Kindle 10ª Geração, a Amazon informa que “uma única recarga dura até 6 semanas, baseando-se em uma leitura diária de meia hora com o Wi-Fi desligado e iluminação no nível 13. A duração da bateria pode variar conforme as configurações de iluminação e o uso de redes Wi-Fi.” Fazendo as contas, nessas configurações o Kindle teria uma duração de aproximadamente 21 horas.

Eu não tive tempo de teste o suficiente para afirmar se a bateria dura essas 21 horas, mas em meus testes percebi que a bateria pode chegar a uma autonomia até maior que isso, se você fizer o mínimo de interações possíveis na tela, que é basicamente apenas avançar as páginas. Fiz o teste tanto dessa forma quanto também usando os recursos, e o resultado foi o seguinte:

  • Ao ler com o Wi-Fi desligado e a iluminação no *nível 13 por 1 hora, a bateria descarregou 10%. Neste teste, fiz várias interações na tela, usando o recurso de grifar passagens do texto, usar o dicionário, entre outras funções.
  • Ao ler com o Wi-Fi desligado e a iluminação no *nível 10 por 1 hora, mas sem fazer muitas interações com a tela além de mudar de página e usar o dicionário poucas vezes, a bateria caiu apenas 4%.

*Para comparação, o nível máximo de luminosidade da tela é 24.

Acredito que no meu ritmo de leitura e bateria caindo entre 4 a 10 por dia, eu conseguiria uma autonomia de mais ou menos 2 semanas, mas isso deve variar de pessoa para pessoa, para mais ou para menos. De qualquer forma, dá para perceber que a bateria é de longa duração. Recomendo que você faça as buscas e compras pelo computador ou celular, e não pelo Kindle, caso queira mais autonomia de bateria.

Tempo de Carregamento do Kindle 10ª Geração

O carregamento completo do Kindle 10ª Geração leva 4 horas no computador
O carregamento completo do Kindle 10ª Geração leva 4 horas no computador (Foto: Divulgação/Manual da Compra)

Como o Kindle 10ª Geração vem acompanhado de um cabo USB, eu recarreguei pelo computador, e para chegar aos 100% ele leva cerca de 4 horas, tempo que é informado pela Amazon na página do produto. No entanto, ele já havia mudado a cor de laranja (carregando) para verde (carregado) aos 98%. Caso você opte por um adaptador de tomada oficial, o Kindle carrega em menos de 3 horas.

Ele não vem com adaptador de tomada, então se você quiser usar um carregador de celular, é preciso verificar com cuidado quanto de carga ele passa para não danificar a bateria. Na parte de trás do Kindle 10ª Geração está informado que o input máximo que ele aceita é de 5,2 V e amperagem máxima de 0,5 A, então busque uma fonte (carregador) com valores iguais ou menores. Talvez não carregue tão rápido, mas pelo menos não vai estragar a bateria do seu Kindle.

Tela, Iluminação e leitura no Kindle 10ª Geração

Tela de configurações rápidas do Kindle 10ª Geração
Tela de configurações rápidas do Kindle 10ª Geração (Foto: Divulgação/Manual da Compra)

A tela do Kindle 10ª Geração é de 6 polegadas, menor que um livro de bolso, mas sem o inconveniente de ter somente letras pequenas em espaços comprimidos. Tudo é personalizável, desde o tamanho da letra, que vai de 1 a 14, até a fonte, que tem nove estilos diferentes.

Você também pode escolher a orientação vertical ou horizontal, alinhamento à esquerda ou justificado, três opções de margem e três de espaçamento. Particularmente achei isso fantástico, pois uma das minhas preocupações na hora de comprar livros pela internet era não saber como seria a diagramação por dentro, já que letras muito pequenas e juntas me dão dor de cabeça.

Comparação entre livro físico e livro digital no Kindle 10ª Geração
Comparação entre livro físico e livro digital no Kindle 10ª Geração (Foto: Divulgação/Manual da Compra)

Todos os Kindles possuem tela antirreflexo e são sensíveis ao toque, então a maior diferença deste modelo de entrada é a sua resolução de 167 ppi (pixels por polegada), enquanto que os outros modelos têm 300 ppi. Eu estaria mentindo se dissesse que não dá diferença na tela, pois os modelos com 300 ppi proporcionam uma leitura mais nítida, mas essa diferença é mais sentida se você for leitor de quadrinhos ou PDFs com muitas imagens. Para leitores majoritariamente de e-books, o Kindle 10ª Geração ainda tem uma tela muito boa e definida, e não faz feio perto dos Kindles mais avançados.

À esquerda, Kindle 10ª Geração com 167 ppi, à direita, Kindle Paperwhite com 300 ppi
À esquerda, Kindle 10ª Geração com 167 ppi, à direita, Kindle Paperwhite com 300 ppi (Foto: Divulgação/Manual da Compra)

A leitura no Kindle 10ª Geração é confortável a qualquer hora do dia, seja sob a luz do sol com a tela antirreflexo, seja de noite, utilizando apenas a iluminação embutida de 4 LEDs num nível baixo. Porém, sem iluminação alguma além do próprio Kindle, ele não fica mais tão parecido com um papel. Mas considerando que você estará olhando para uma tela por horas, acredito ser bem mais agradável do que ler em telas comuns, como iPad, celular ou computador. Eu não tive dores de cabeça lendo por aproximadamente duas horas por dia, e isso é um dos benefícios da tecnologia E-Ink, usada na tela do Kindle 10ª Geração.

Tela com tecnologia antirreflexo do Kindle 10ª Geração
Tela com tecnologia antirreflexo do Kindle 10ª Geração (Foto: Divulgação/Manual da Compra)

Como funciona a tecnologia E-Ink

O painel é composto por duas camadas de material transparente, e entre elas tem pequenas esferas com duas pigmentações: preto e branco. Com um sistema magnético, essas esferas giram e se organizam, formando a imagem em preto e branco que vemos no Kindle.

Pelo fato da tela não usar iluminação em pixels, a bateria dura mais e o leitor não tem incômodos causados pela iluminação de um painel LED, por exemplo. Você irá perceber que a tela do Kindle é diferente de uma tela de tablet, por exemplo, pois na mudança de imagens é como se ela se apagasse por um curto período de tempo e acendesse novamente na nova imagem.

Sistema do Kindle 10ª Geração

Tela de configurações do Kindle 10ª Geração
Tela de configurações do Kindle 10ª Geração (Foto: Divulgação/Manual da Compra)

Ao utilizar o Kindle 10ª Geração por semanas, eu não tive problemas com travamento ou lentidão, pelo contrário, achei que o sistema dele flui super bem. No entanto, se você nunca usou um Kindle, provavelmente o achará lento, principalmente porque provavelmente irá comparar a sua fluidez a um celular ou tablet.

O sistema de um Kindle é naturalmente menos potente que o dos dispositivos citados acima, e a tecnologia E-Ink faz a mudança de telas ser mais lenta do que a de uma tela com pixels, mesmo que essa mudança ainda aconteça em menos de 1 segundo.

Isso é natural de qualquer Kindle e não é um problema, é a proposta do aparelho ser assim em prol dos benefícios que ele traz. O mesmo acontece durante a digitação no aparelho, pois muitas vezes a resposta da tela ao toque é lenta, então é necessário alguns dias de adaptação para entender que o Kindle é desse jeito mesmo e logo você se acostuma.

Loja da Amazon acessada pelo Kindle 10ª Geração
Loja da Amazon acessada pelo Kindle 10ª Geração (Foto: Divulgação/Manual da Compra)

Um ponto positivo é que você pode acessar a loja da Amazon e fazer a compra e download dos livros pelo próprio Kindle 10ª Geração. Também é possível baixar livros e passar para o aparelho via cabo USB. Ele suporta arquivos nos seguintes formatos: Kindle 8 (AZW3), Kindle (AZW), TXT, PDF, MOBI sem proteção, PRC nativo, HTML, DOC, DOCX, JPEG, GIF, PNG, BMP por meio de conversão.

Vale ressaltar que apesar de o Kindle 10ª Geração ter 8 GB de memória interna, o espaço disponível é de 6 GB, já que o próprio sistema do Kindle ocupa 2 GB. 6 GB de armazenamento apenas para e-books é um ótimo espaço e comporta milhares de livros.

Configurações básicas do Kindle 10ª Geração

Tela de configurações rápidas do Kindle 10ª Geração
Tela de configurações rápidas do Kindle 10ª Geração (Foto: Divulgação/Manual da Compra)

Os atalhos rápidos são “Modo Avião”, “Sincronização” e “Todas as configurações”. Também dá para ajustar o brilho da tela que vai de 0 a 24, e aqui lembramos que o Kindle 10ª geração possui iluminação embutida de 4 LEDs, permitindo que você leia em lugares abertos ou fechados, a qualquer hora do dia.

Sobre o modo avião, ele é bom para desconectar do WiFi rapidamente (economiza a bateria) e também caso você molhe o Kindle 10ª Geração acidentalmente, já que ele é o único que não tem proteção contra água. Nesse caso é aconselhado desconectar todos os cabos, ativar o modo avião e deixar a tela voltar ao protetor de tela. Depois disso, tem de esperar o dispositivo secar completamente antes de pressionar o botão “Ligar” para reativá-lo.

Sobre a sincronização, é por lá que você vai poder deixar todas as leituras certinhas, ou seja, caso você leia o mesmo livro no aplicativo Kindle por outros dispositivos como celular, computador ou tablet, a sua leitura estará sempre atualizada na última página em que parou, com todos os dispositivos sincronizados.

Você também pode saber quanto tempo falta para terminar de ler um capítulo ou livro ativando essa opção nas configurações. O tempo de leitura é personalizado com base na velocidade que a pessoa lê, e ajustado constantemente conforme o ritmo e hábitos do leitor.

Configurações avançadas do Kindle 10ª Geração

É em “Todas as Configurações” que você realmente vai personalizar e deixar o Kindle 10ª Geração do seu jeito! Caso tenha achado difícil mexer no dispositivo, é lá também que está a parte de “Ajuda e guias do usuário”, que vai te explicar tudo desde o começo. Em “sua conta”, você pode dar um nome ao Kindle; incluir algumas informações pessoais para ser identificado caso perca o dispositivo; cancelar o registro da sua conta Amazon e ver qual é o seu endereço de e-mail do Kindle (usado para enviar documentos para ele).

Nas ”opções do dispositivo” você pode ativar a opção de mostrar a capa do livro que você estiver lendo na tela de bloqueio. Você também pode visualizar as informações sobre seu Kindle, criar uma senha, reiniciar ou redefinir o aparelho, gerenciar a energia, armazenamento, privacidade, fazer atualizações etc.

Suas notas e destaques dos e-books podem ser exportados
Suas notas e destaques dos e-books podem ser exportados (Foto: Divulgação/Manual da Compra)

Temos nas “opções de leitura” a possibilidade de ativar ou desativar a “atualização de página”, que atualiza a exibição a cada vez que a página for virada e vem desativada, pois utiliza mais bateria; e também o “construtor de vocabulário”. Este lembra das consultas ao dicionário e já vem ativado. Para complementar essa parte, temos em “idiomas e dicionários” a alternativa de mudar o idioma do Kindle 10ª Geração, fazer o download de teclados em outros idiomas, definir o dicionário padrão para cada idioma e definir a ordem de classificação do chinês. O dicionário padrão de inglês é o de Oxford, e o de português é do Priberam.

Fácil uso do dicionário no Kindle 10ª Geração
Fácil uso do dicionário no Kindle 10ª Geração (Foto: Divulgação/Manual da Compra)

Outra coisa que parecia bastante legal era a “acessibilidade”, cujo botão “Leitor de tela VoiceView” fornece feedback falado ao tocar em itens na tela. Porém, quando eu fui ativá-lo, abriu um aviso pedindo para definir o idioma do Kindle para inglês americano ou inglês britânico, ou seja, a acessibilidade não é realmente acessível para todos. Com o leitor VoiceView habilitado, há um tutorial para aprender a explorar o Kindle pelo toque, tem como ajustar a velocidade de fala, o volume e também como adicionar, remover e visualizar dispositivos Bluetooth. É necessário o pareamento de um dispositivo de áudio para o Kindle VoiceView funcionar, e eu fiz o pareamento com meu Redmi AirDots 2 sem dificuldades.

Há também o “controle dos pais”, que restringe o acesso ao navegador da Web Experimental, da Loja e da Nuvem; e um botão para mudar o código PIN. Por fim, em “Redes sem fio” você encontra de novo o modo avião, as redes WiFi disponíveis e a possibilidade de excluir permanentemente todas as senhas de WiFi salvas no dispositivo.

Vale a pena comprar o Kindle 10ª Geração?

Vale a pena comprar o Kindle 10ª Geração, principalmente se for o seu primeiro e-reader e você não quiser investir nos modelos mais avançados. São muitos os pontos positivos: ele é um produto custo benefício que vem com iluminação embutida, bateria duradoura e aceita vários tipos de arquivos além dos e-books, como PDFs e DOCs.

Se você for assinante da Amazon, ainda terá disponível o acervo do Prime Reading, que conta com um catálogo rotativo de mais de mil e-books, revistas, HQs etc. Se o livro que você quiser não estiver lá, também dá para ler amostras grátis. Há também outro catálogo com mais títulos ainda, mas você precisa assiná-lo à parte. É o Kindle Unlimited e eu já assinei duas vezes sempre na promoção. Para mim, as vantagens valem muito.

Pontos positivos

  • Texto personalizável
  • Bateria duradoura
  • Tela antirreflexo
  • Suporta arquivos variados
  • Não cansa a vista

Pontos negativos

  • Não é à prova d’água
  • Construção em plástico parece frágil
  • Pequeno delay para os comandos em touch pode incomodar algumas pessoas
Kindle 10° Geração Melhor Preço